Notícias
Equipe de controle da Valec cobra o andamento nas obras estruturais de responsabilidade das empresas arrendatárias

No Dia Mundial do Meio Ambiente, a Valec realizou a 1ª Palestra de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. Os colaboradores lotaram o auditório do edifício sede para assistir às duas palestras que trataram do tema. A presença do presidente, Josias Sampaio Cavalcante Júnior, e de vários diretores demonstraram a importância que a empresa dá a preservação dos recursos na construção de ferrovias.

O convidado especial do evento foi Mario Hirose, diretor do Departamento de Meio Ambiente da Federação da Indústria do Estado de São Paulo (FIESP). Especialista em responsabilidade ambiental corporativa, o palestrante situou o Brasil no contexto mundial cada vez mais competitivo em que a sustentabilidade passa a ser um diferencial importante no desenvolvimento econômico e social.

Pátio de Porto Nacional O convidado especial do evento, Mario Hirose, diretor do Departamento de Meio Ambiente da FIESP.

Apesar de se mostrar pessimista em relação ao atual contexto internacional, que segundo ele, poderá nos levar a uma guerra na procura por recursos, Hirose apontou avanços. Dentre eles, o fato de que boa parte das empresas brasileiras já contam com programas ambientais, metas de redução de consumo de água e energia, e redução da emissão de gases de efeito estufa. Além disso, atualmente, o país conta com cinco mil indústrias certificadas com o ISO 14001 (regras internacionais de gestão de uso e disposição de recursos).

Hirose respondeu às perguntas da plateia e incentivou a Valec a desenvolver passo a passo suas atividades de gestão ambiental, apesar dos impeditivos da legislação que regula empresas públicas.

O evento também contou com a palestra proferida pela gerente de meio ambiente da Valec, Cristiane Oliveira. Ela expôs o trabalho de gestão ambiental na empresa ao exemplificar os programas de mitigação (necessários para a obtenção da licença de instalação) executados nos locais de construção de ferrovias, como o plantio de mudas produzidas com sementes da região, o resgate de animais silvestres, a diminuição dos processos erosivos e a educação ambiental na comunidade.

Pátio de Porto Nacional A primeira a palestrar foi a gerente de meio ambiente da Valec, Cristiane Oliveira.

Cristiane também falou sobre a gestão ambiental corporativa na Valec e pediu a colaboração de todos na redução dos impactos que o nosso trabalho pode causar na natureza. Para tanto, a Valec deve aderir à Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), a partir do qual a empresa deverá adquirir novos hábitos em relação ao descarte de papeis e ao uso de copinhos descartáveis.


Crédito da imagem: divulgação VALEC

Texto: Assessoria de Comunicação