Notícias

A Valec abriu hoje em sua sede em Brasília o Workshop “Estruturação Tarifária para Venda de Capacidade” para tratar sobre o open access − modelo de democratização do uso das linhas férreas que já será aplicado nas novas concessões ferroviárias. O workshop é fruto de uma parceria entre a Valec e a Embaixada Britânica no Brasil.

Durante toda a semana, o ciclo de debates vai abranger, em especial, os mecanismos de determinação de custos e riscos do novo sistema e os desafios relacionados à integração entre os modelos vertical (atual) e horizontal (futuro).

O evento conta com a participação de especialistas da Valec, que vão explorar em detalhes os mecanismos do novo modelo, e representantes de duas companhias do Reino Unido (Network Rail e Steer Davies Gleave). O ingleses compartilharão a experiência de uma implantação bem sucedida do open access já que participaram de todo o processo de reestruturação do modelo ferroviário britânico, sendo a reestruturação semelhante a qual o modelo ferroviário brasileiro está passando.

Desde o ano passado, a Valec vem trocando experiências com outros países para aumentar a competitividade ferroviária no Brasil.

Também integram o evento, técnicos do Ministério da Fazenda, Banco do Brasil, ANTT e EPL.

O diretor de operações da Valec, Bento Lima, abriu o workshop.

O representante da embaixada britânica no Brasil, Martin Badham, reafirmou a importância da parceria.

O superintendente de desenvolvimento operacional da Valec, Luiz Carlos de Almeida, demonstrou os detalhes do novo modelo.


Texto: Assessoria de Comunicação